Pesquisar este blog

Loading

Destaques - Leitura indispensável

  • Estou cansado!
    Um desabafo com o Pr. Ricardo Gondim
  • O posicionamento da IURD
    Minha resposta à posição de Edir Macedo
    sobre o aborto
  • O entristecer e o extinguir o Espírito Santo de Deus
    Uma ótima mensagem de Takayoshi Katagiri
  • A mulher samaritana, Coca-Cola e Jesus
    Uma excelente reflexão com o Pr. Ricardo Gondim
    sobre tratar o Evangelho de Cristo como um produto e propaganda de marketing
  • Quando o sacrifício de Jesus não vale nada!
    Uma ótima reflexão com o Pr. Luiz Carlos Alves
    sobre a fé e superstições
  • Morra, para que outros possam viver
    Uma excelente reflexão sobre o tipo de evangelho que
    tem sido pregado hoje, com Juliano Son do Ministério Livres para Adorar

Obrigado pela sua visita! E não deixem de comentar os artigos!!!

sexta-feira, 2 de abril de 2010

A vitória vem do Senhor

Por Eliete A. Santos

"Bendito seja o Senhor, minha Rocha, que adestra as minhas mãos para a peleja e os meus dedos para a guerra" Salmo 144:1

Todos nós, cristãos, fomos chamados à batalha a partir do momento em que aceitamos a Cristo como Senhor e Salvador. Neste momento travamos uma grande batalha contra nossa carne, satanás e o mundo. Lutamos para conseguir permanecer na presença de Deus e em Seus caminhos, lutamos por nossos objetivos pessoais, lutamos pelas almas. É uma batalha constante. E muitas vezes, quando vamos regozijar a Vitória, começamos a analisar a batalha e nos perguntamos: “Como consegui fazer isso?”, “De onde veio força para suportar essa dor?”, “Como isso aconteceu?”

Através dessa análise podemos ver como somos pequenos e incapazes. Então vem a certeza, de que o nosso Deus tem adestrado nossas mãos para a peleja e nossos dedos para a guerra.

Por maiores que sejam os recursos humanos, se não houver o mover de Deus não há vitória. O homem pode ser um destemido soldado, treinado nas artes da guerra, capacitado para a batalha, caso não esteja firmado em Deus, será derrotado.

O homem pode ter uma inteligência privilegiada, ser estrategista, mestre no conhecimento secular, reconhecido pela sociedade, se Deus não o orientar, seus projetos não prosperarão.

Pode, o homem, estar equipado com toda sorte de ferramentas, instrumentos projetados com alta tecnologia, um maquinário descomunal, se as engrenagens não forem movidas pelo Senhor, nada terá utilidade.

O ser humano é nada sem o Deus que o criou e o salvou.

Deus quis mostrar isso no capítulo 7 do Livro de Juízes, quando Gideão ia a batalha com 32.000 homens. Destes 32.000, apenas 300 homens restaram, aqueles que eram valentes e vigilantes. Através deles, Deus levou o povo de Israel à Vitória contra os midianitas, os amalequitas e os filhos do oriente, aproximadamente 135.000 homens, uma média 450 homens para cada israelita vencer.

Analisando a capacidade humana, isso seria impossível, mas Deus já havia estabelecido a Vitória para o povo de Israel. E assim foi.

Deus é quem nos dá a vitória e nos livra das mãos dos inimigos, conforme vemos em Salmos 144:10

"A Ele temos que dar toda a glória, todo louvor e toda a adoração, pois sem Ele, nada do que foi feito se fez"


Eliete Almeida dos Santos
Vice-líder do Ministério de Louvor
IDPB - São Paulo - Vila Continental

2 comentários:

Postar um comentário